Eugenio Montale aplica os Esami di Stato – 2021

A Scuola Internacional Eugenio Montale vai realizar os Esami di Stato, uma importante prova instituída pelo Ministero dell’Istruzione, e que ocorre no final do primeiro e segundo ciclos de ensino nas escolas internacionais italianas. Os Esami di Stato são uma meta fundamental da trajetória escolar do aluno e tem como objetivo avaliar as competências adquiridas ao final de cada ciclo escolar.

Na Eugenio Montale, o exame é aplicado para todos os alunos que desejam se formar no 3º ano do ensino médio, e também para conquistar a dupla certificação – Brasil e Itália. Ele é aplicado ainda para os alunos do 8º ano, para que possam entrar no 9º ano (equivalente ao Primo Liceo italiano). Os exames vão acontecer nos dias 22 a 24 de novembro para IV Liceo (3º ano do ensino médio) e de 13 a 15 de dezembro para III da Scuola Sec. di I Grado (8º ano do ensino fundamental II). Todas as provas serão realizadas presencialmente.

O Esame di Stato na nossa escola representa um verdadeiro passaporte para ingressar na faculdade tanto Brasileira quanto Italiana. Esse dia tão esperado pode ser visto pelos alunos com muita preocupação e apreensão, porém em italiano esse exame se chama “esame di maturità”, então em si é uma etapa que, além de ser obrigatória para concluir os estudos, ajuda os alunos a “amadurecer” para poder enfrentar a faculdade, pois nesse exame os alunos terão a oportunidade de expor o conhecimento em frente de uma comissão externa (professores desconhecidos), coisa que somente na faculdade acontece”, explica Fabio Pizzighello, coordenador pedagógico da Media e Liceo (Ensino Fundamental II e Ensino Médio).

Antes da pandemia, os Esami di Stato eram realizados com provas escritas e uma parte oral, diferente deste ano, que será apenas de forma oral e com apresentação do trabalho escrito final, chamado elaborato. Na Eugenio Montale, o corpo docente, coordenação e direção pedagógica explicam previamente sobre a avaliação, seus componentes e seu conteúdo, além de instruir os alunos no aspecto multidisciplinar da prova, que é um dos grandes pontos avaliados durante o colloquio (prova oral). A comissão de ensino da instituição escolherá os temas a serem utilizados nas simulações.

“Embora o Esame di Stato seja visto como um tipo de avaliação final do percurso de estudos que pertence ao século passado, ainda é a melhor forma para que o aluno possa enfrentar aquele medo que geralmente todos os estudantes têm, ou seja, se abrir publicamente e expor o conhecimento que ele veio adquirindo ao longo dos anos”, complementa o coordenador.

A Scuola Eugenio Montale é a única autorizada a aplicar o Esame di Stato no Estado de São Paulo, porque é reconhecida como Escola Paritária pelo Governo Italiano, sendo a única escola no Estado que possui esse título. La parità garante o trânsito dos seus alunos às escolas e universidades europeias.

Tour 360 Fazer Tour 360º